MNB Base Rate - Hungria Taxa de juros do Banco Central da Hungria

Esta página mostra os valores actuais e históricos da Base Rate do banco central húngaro (Magyar Nemzeti Bank, MNB). A Base Rate é frequentemente considerada a taxa de juros mais importante do banco central húngaro.

Taxas de juros atuais de mais bancos centrais

MNB base rate atuais
Data
Percentagem
30-01-2024
10,00 %
19-12-2023
10,75 %
21-11-2023
11,50 %
24-10-2023
12,25 %
27-09-2022
13,00 %
31-08-2022
11,75 %
26-07-2022
10,75 %
07-07-2022
9,75 %
28-06-2022
7,75 %
01-06-2022
5,90 %

Gráfico MNB base rate

Taxas de juros históricas

Nosso conteúdo é baseado em fontes confiáveis. No entanto, não aceitamos responsabilidade por eventuais erros. O conteúdo deste site é apenas informativo e não se destina a ser um conselho financeiro. Decisões que você tome com base nas informações que exibimos são sempre por sua própria conta e risco.

Magyar Nemzeti Bank (MNB)

O banco central da Hungria é o MNB ou Magyar Nemzeti Bank. O objectivo mais importante do banco central da Hungria é a concretização e manutenção da estabilidade de preços (definida no Central Bank Act), bem como uma inflação moderada e estável, conforme as directivas europeias e os desenvolvimentos internacionais.

Taxas de inflação húngaras atuais e históricas

Algumas outras funções do MNB são:

  • gestão das reservas oficiais de ouro e moeda;
  • emissão de notas e moedas (forinte ou florim húngaro);
  • determinação e publicação da taxa de câmbio oficial;
  • promoção da estabilidade do sistema financeiro.

MNB Base Rate

Quando se refere a taxa de juro húngara, fala-se normalmente da Base Rate do MNB. Esta taxa de juro base funciona como a taxa monetária de juro (key policy rate) que indica o câmbio monetário. O conselho monetário (Monetary Council) determina o valor da taxa monetária de juro. Alterando esta taxa base, o banco central da Hungria influencia a taxa de juro trimestral do mercadoa taxa de câmbio do florim húngaro e, com ela, os desenvolvimentos económicos gerais. Há também um efeito sobre as taxas de juros em produtos bancários comerciais, como empréstimos (crédito), contas de poupança e hipotecas.